Resenha do livro: “A arte do estilo”, de Henry James e Robert Louis Stevenson (org. Marina Bedran)

Escrevi para o Amálgama ( www.revistaamalgama.com.br ) uma resenha sobre o livro "A arte do estilo", que reúne ensaios e a correspondência mantida entre Henry James e Robert Louis Stevenson. Um diálogo epistolar educado, repleto de argumentos inteligentes e de frases que poderiam muito bem figurar nas obras de qualquer um deles, de tão poéticas e cristalinas. … Continue lendo Resenha do livro: “A arte do estilo”, de Henry James e Robert Louis Stevenson (org. Marina Bedran)

Anúncios

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (02/08/2016): “Três lições que a literatura me ensinou”

Na minha coluna dessa semana no Medium da Dublinense, eu cometi uma indiscrição com a equipe de gincana estudantil que me contatou e resolvi escrever um texto mais comprido do que duas linhas sobre o que a literatura me ensinou. Só coloquei três lições, mas evidente que foram muito mais. E só citei Pushkin, Stevenson … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (02/08/2016): “Três lições que a literatura me ensinou”

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (10/05/2016): “Como sobreviver ao apogeu da era do clichê”

Na minha coluna no Medium da Dublinense dessa semana, falei de um dos maiores males da atualidade: a disseminação acelerada de clichês. As pessoas desaprenderam a pensar com as próprias palavras, e a imaginar livremente, e isto faz com que todo mundo fique repassando as mesmas ideias mastigadas. Mas também falei das insuportáveis analogias entre … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (10/05/2016): “Como sobreviver ao apogeu da era do clichê”