Estamos esquecendo aquilo que é importante

Escrevi esse texto para o jornal "Em Questão" do Alegrete, mas, por ser um credo pessoal, acho válido compartilhar aqui também. Boa leitura.   Estamos esquecendo aquilo que é importante O som da chuva batendo na janela do quarto quando tentamos dormir. A risada de uma criança brincando no parquinho. O urro da multidão quando … Continue lendo Estamos esquecendo aquilo que é importante

Anúncios

O fascínio de um poema: “Confidência do Itabirano”, de Carlos Drummond de Andrade

O que eu mais gosto nesse vídeo é o fascínio com que as pessoas se entregam para a ruptura insólita no cotidiano trazida por um poema. Os olhares ficam distantes, as bocas se contraem em sorrisos quase distraídos e, mesmo sem querer, as pessoas se perdem nos meandros de uma poesia que, por meio de … Continue lendo O fascínio de um poema: “Confidência do Itabirano”, de Carlos Drummond de Andrade

Alexandre Dumas pai e as histórias que nunca terminam

Não me perguntem o motivo, mas hoje estava lembrando de alguns detalhes das últimas semanas de vida de Alexandre Dumas, o pai. Conta Alexandre Dumas, o filho, que, certa vez, foi visitar o pai na casa que ele ocupava em Paris. Na época o escritor já estava velho e adoentado, precisando de atenção médica. Ao … Continue lendo Alexandre Dumas pai e as histórias que nunca terminam