Nada em excesso – a Taça de Pitágoras

Quem leu o meu livro "Não há amanhã", sabe o quanto admiro a doutrina pitagórica. O conto "O último pitagórico" possui várias frases do filósofo grego desconstruídas e amplificadas dentro da narrativa, em uma verdadeira "carnavalização pitagórica". Mas também apresenta uma inquietação: se a principal ideia de Pitágoras era que tudo podia ser transformado em … Continue lendo Nada em excesso – a Taça de Pitágoras

Anúncios

Sir Walter Scott e a melhor das mortes

As pequenas maravilhas que descobrimos sem querer: alguns dias atrás, estava lendo uma biografia de sir Walter Scott, o autor de clássicos como "Ivanhoé" e "Waverley", e deparei-me com um resumo dos últimos anos de vida do escritor escocês. Após uma síntese seca das doenças que lhe afligiam, surge a seguinte informação: "Nos derradeiros meses … Continue lendo Sir Walter Scott e a melhor das mortes

Crônica: “O mundo nos olhos de um cavalo”

Outra crônica que publiquei no jornal Em Questão, do Alegrete. O que mais gostei nesse texto foi a minha serenidade na condição de autor. Em geral, escrever é um ato que tenta disciplinar (sem sucesso) o caos interno de dezenas de vozes e ideias que se jogam, potros enlouquecidos tentando escapar do cativeiro mental ao … Continue lendo Crônica: “O mundo nos olhos de um cavalo”

Capas de livros que são obras de arte: “Os sofrimentos do jovem Werther”, de Johann Wolfgang von Goethe

Capas de livros também são obras de arte. Quem nunca comprou um livro pela capa que jogue a primeira pedra. Recebo muitas capas instigantes de livros. As pessoas sabem que gosto de um livro bem feito, não só no conteúdo quanto na forma, e o cartão de apresentação de um livro é a sua capa. … Continue lendo Capas de livros que são obras de arte: “Os sofrimentos do jovem Werther”, de Johann Wolfgang von Goethe