Obras Inquietas – 48. “Espalhados por toda a parte” (1864), Alexander ver Huell

Na minha coluna dessa semana no "Obras Inquietas", em homenagem ao Halloween, tratei de um ilustrador extremamente singular e não tão badalado, o holandês Alexander ver Huell. Ele se notabilizou pelas suas obras repletas de romantismo e sensibilidade, que adornaram muitos livros do período que vai de 1822 a 1845. Porém, um dia - e … Continue lendo Obras Inquietas – 48. “Espalhados por toda a parte” (1864), Alexander ver Huell

Anúncios

Obras Inquietas – 47. “A lição de anatomia do Dr. Frederik Ruysch” (1714), de Jan van Neck

Em virtude de ter passado duas semanas viajando e palestrando por aí, atrasei as colunas do "Obras Inquietas", motivo pelo o qual me puxaram as orelhas em mensagens. No meu retorno, tratei de "A lição de anatomia do Dr. Frederik Ruysch" (1714) do pintor holandês Jan van Neck. Poderia ter escolhido outras versões da mesma … Continue lendo Obras Inquietas – 47. “A lição de anatomia do Dr. Frederik Ruysch” (1714), de Jan van Neck

Obras Inquietas. 46 – “O homem em queda” (2014), James Wedge

Nessa semana, na minha coluna no "Obras Inquietas", eu tratei de uma pintura de James Wedge chamada "O homem em queda". A postura do homem em queda infinita e para sempre não-concretizada lembra uma fotografia icônica do século XXI, também chamada "O homem em queda", de Richard Drew, que mostra um homem despencando para a … Continue lendo Obras Inquietas. 46 – “O homem em queda” (2014), James Wedge