Texto publicado no Literatortura (2/02/2016): “O que leem os políticos?”

Na minha coluna dessa semana no Literatortura, tratei de um assunto que está me causando perplexidade: o que leem os nossos políticos? Será que leem algo? Uma breve pesquisa sobre o tema e descobri que os americanos são muito preocupados com esse assunto, o qual inclusive é objeto de curiosidade nacional, enquanto que, no Brasil, … Continue lendo Texto publicado no Literatortura (2/02/2016): “O que leem os políticos?”

Anúncios

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (23/02/2016): “A melancolia das obras que jamais conheceremos”

Na minha coluna dessa semana no Medium da Dublinense, eu escrevi sobre as obras que nunca conheceremos, mas me detive na análise do maior pintor de todos os tempos - cujas pinturas só chegaram até nós através de relatos - e em livros que foram somente imaginados, e jamais escritos. Boa leitura! A melancolia das … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (23/02/2016): “A melancolia das obras que jamais conheceremos”

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (16/02/2016): “O dia em que me quebraram ao meio”

Na coluna que escrevi para a revista eletrônica da Dublinense nesta semana, falei de um assunto que me gera constante perplexidade: as pessoas que conseguem dizer que algo - ou alguém - é o melhor do mundo. Todas as pessoas tem um momento da vida em que descobrem alguém que lhes supera. No meu caso, … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (16/02/2016): “O dia em que me quebraram ao meio”

Se não tiver fatos, use o lirismo

No domingo passado, em conversa com os meus pais, eles perguntaram se tinha realmente acontecido um fato que narrei no Facebook. Transcrevo aqui: "Resumo breve da história: na minha rua, um cara tentou incendiar um ônibus. Os passageiros impediram e bateram nele. A polícia chegou e o salvou. Ele foi preso. Fim da história. Algumas … Continue lendo Se não tiver fatos, use o lirismo

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (10/02/2016): “Como se inspirar batendo a cabeça”

Na minha coluna desta semana no Medium da Dublinense, eu tratei de inspiração e de como alguns autores acabaram, por vias transversas, até mesmo traumáticas, conseguindo inspiração para as suas obras. No meu caso, o problema não é propriamente estar inspirado, mas deixar de me sentir assim. Tornou-se um pouco habitual, nos últimos tempos, conversar … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (10/02/2016): “Como se inspirar batendo a cabeça”

Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (03/02/2016): “As minhas criações do mundo”

Na sexta passada, caiu uma forte tempestade sobre Porto Alegre que, apesar de não deixar mortos, acabou causando muitos estragos. Sem contar que o pior do ser humano aproveitou a desgraça para aflorar: vi gente brigando por sacos de gelo, vi carros fazendo conversões proibidas e quase atropelando pedestres, vi autoridades omissas lavando as mãos … Continue lendo Texto publicado na revista eletrônica da Dublinense (03/02/2016): “As minhas criações do mundo”