Conto meu na Revista Flaubert #02

Antes que vocês me xinguem: saiu um bocado de textos e resenhas meus por tudo quanto é canto, e eles são tão rápidos que não está dando tempo para colocá-los aqui no blog. Juro que irei suprir esta omissão aos poucos.

Começo agora, pois. Saiu um conto inédito meu na Revista Flaubert #02. Para quem não conhece, é uma revista online de contos, que mescla autores iniciantes e experientes. Apesar de ser uma criação recente, ela possui um grande respeito no meio literário, em especial pela qualidade do material publicado. Todo dia 15 do mês, eu baixo meu exemplar e tenho contos para o mês todo.

“Os que se arremessam” é um conto singular. Grande parte dele aconteceu de verdade, e o fantástico estar tão próximo do real é algo que sempre causa calafrios.

Também foi um conto que gerou um efeito colateral indesejado. No Facebook, recebi muitas mensagens de leitores cumprimentando-me pelo texto, mas quatro mensagens em específico foram inquietantes. Eram pessoas dizendo que, enfim, alguém tinha falado o que elas sentiam e uma delas estava “curiosa para experimentar a sensação de andar no parapeito”.  Não coaduno com nenhum tipo de suicídio ou de pensamento suicida. Não leiam procurando este intertexto. E procurem ajuda especializada se tiverem esta espécie de pensamento.

Bom, vamos ao conto:

http://issuu.com/revistaflaubert/docs/flaubert002

flaubert

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Contos, Literatura, Produção Literária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s