Os pontos nem tão finais

Às vezes, os pontos finais são caprichosos: eles se impõem com a força daquilo que é inexorável, encerrando a frase de forma contundente. Enganam-se aqueles que imaginam que o autor tem controle sobre os pontos ou pode transformá-los em outros sinais de acentuação. Quando uma frase diz que deseja morrer, cabe-nos deixar atingir o seu … Continue lendo Os pontos nem tão finais

Anúncios

Facas que não cortam

Objetos que não servem para o seu propósito sempre me deixam desconcertado. Cadeiras desconfortáveis que impedem que uma pessoa se sente de forma tranquila, livros falsos que não possuem páginas e são ocos, árvores e plantas de plástico, todos objetos distorcidos da sua utilidade, todos mentirosos. Não espanta que, no restaurante do hotel, existam facas … Continue lendo Facas que não cortam